sexta-feira, 13 de abril de 2007

A dança...


Harmônico verão...
Selvagem desejo...
Flutuo em tua mente...
Me afogo em gracejos...


O baile em que danço...
Vestido rodado...
Cores apagadas...
Sorriso ameaçado...


E ele entra...
Terno impecável...
Rosto sereno...
Coração dilacerado...


Frios...
Calados...


O casal roda no salão...
Revelam suas fragilidades...


Não há...

Não há...


Quem os veja chorar...

(Suy)

Um comentário:

Aleta Dreves disse...

é sempre lindo quando a gente se inspira em fatos ... bom final do final de semana hehehe